Hospital de C...

Hospital de Caxambu pede socorro

O diretor Administrativo do Hospital de Caxambu, Luiz Carlos de Oliveira, esteve reunido com os vereadores, o secretário municipal de Saúde, Helder Vilela Siqueira, e o Conselho Municipal de Saúde, na Câmara, no dia 12 de agosto. Na oportunidade, ele apelou à população para apoiar o hospital, pois, caso contrário, fechará as suas portas. Explicou que a São Camilo, que administrou o hospital anteriormente, é uma empresa milionária, que colocava recursos de outras unidades no hospital local, que atualmente está recebendo R$ 97 mil do SUS, 100 mil da prefeitura e 62 mil da doação dos carnês e informou que a despesa mensal do hospital é no mínimo de R$ 350 a 380 mil.

O secretário municipal de Saúde, Helder Vilela Siqueira, informou que o hospital recebeu diversos equipamentos, melhorando consideravelmente a sua estrutura. Explicou que o que move o hospital são os recursos humanos, que são caros, e medicamentos. Explicou que a exigência de mão de obra, atualmente, é muito maior do que a exigida anteriormente. Alertou que se a situação não mudar, se a população não colaborar, o hospital será fechado.

Diante desta situação, o Conselho Municipal de Saúde e os vereadores sugeriram a realização de campanhas, a fim de angariar recursos. O presidente da Câmara Denílson Martins colocou que a Casa estudaria uma forma de colaborar com o hospital, devolvendo parte dos seus recursos ao Executivo, e sugerindo a sua destinação.