Grande Expedi...

Grande Expediente

         Reunião Ordinária

         4 de outubro

         – O vereador Vinicius Hemetério agradeceu ao Executivo, em especial à Secretaria Municipal de Esportes, a colocação de placas de sinalização de faixa etária nos parques infantis do Caxambu Velho e Ginásio Poliesportivo Jorge Curi, deixando sua sugestão para que a cobertura desses parques fosse feita com pergolado de eucalipto tratado.

         – O vereador Osmar da Silva (Boé) comentou que acredita no futuro e que Caxambu superaria a fase da Covid-19, frisando que as festas de fim de ano e o Carnaval, dentro dos protocolos devidos, precisam ser pensadas pelo Executivo, considerando a necessidade de geração de renda e emprego no município.

         – O vereador Dennis Renato (Renatinho) informou que segundo informação do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), Caxambu teve um aumento de empregos em torno de 5,27%. Completou que esse crescimento ainda não é suficiente, mas representa uma evolução, considerando a ausência de turistas e a pandemia, e felicitou a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico pelo trabalho desenvolvido.

         – O vereador Fábio Curi citou os projetos desenvolvidos pela Administração atual, sendo: a ascensão do município no turismo anteriormente à pandemia da Covid-19, o pagamento das dívidas herdadas da Administração anterior, a Reforma Administrativa, o novo Estatuto e o Plano de Cargos e Salários dos Servidores Públicos Municipais, a Lei de Incentivos Fiscais e o Plano de Desenvolvimento Econômico. Completou que a Administração atual tem projetos que beneficiam, para sempre, a vida do cidadão caxambuense.

         – O vereador Júlio Nogueira (Júlio da Corneta) pediu que a Câmara enviasse a cópia do Projeto de Lei no 78/21, que propõe alterações na estrutura da cidade, à Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), aos comerciantes e aos cidadãos para posterior debate em Audiência Pública. Mencionou o requerimento de autoria dos vereadores Osmar da Silva (Boé) e Gilson Rodrigues referente às festividades de fim de ano e pediu o envio de outro contendo indagações complementares. Pediu, ainda, o envio de requerimento ao Executivo questionando as medidas tomadas pela Administração quanto aos moradores impactados com as chuvas em 2020 e aos barrancos que colocam em risco muitas casas, em função das fortes chuvas. Agradeceu aos funcionários públicos que auxiliaram na limpeza da cidade no dia 3 de outubro; e aos servidores que trabalham na Estratégia Saúde da Família do São Januário, o atendimento prestado a ele.

         – O vereador Gilson Rodrigues agradeceu ao vice-prefeito Luiz Henrique Diório a presteza e agilidade em reunir com os vereadores para tratarem do Projeto de Lei no. 79/21, que dispõe sobre a autorização para numeração de imóveis no município. Considerou suficientes as respostas apresentadas pelo Executivo esclarecendo suas dúvidas, especialmente quanto à possibilidade de realização de festas e eventos no fim de ano.

         – O vereador João Francisco (Sapê) agradeceu a receptividade do Executivo em relação ao Legislativo, salientando que é a população quem ganha com este alinhamento. Sugeriu que a Casa convidasse a secretária municipal de Meio Ambiente, Daiane Fernandes Pereira Lahmann, para participar de uma reunião interna com os vereadores, a fim de discutirem o Código de Obras. Salientou que a construção civil é um pilar na economia do país e, com a pandemia, surpreendentemente se desenvolveu ainda mais.

         – O vereador Vivaldo Azevedo registrou seus sentimentos pelo falecimento do senhor Veríssimo Eduardo dos Santos Arnaut. Reiterou que as épocas de chuva estão chegando, havendo necessidade de realização dos trabalhos de prevenção pelos órgãos responsáveis, como a limpeza do canal da Beira-Bengo. Solicitou ao Executivo a cobertura do ponto de ônibus próximo da Policlínica para abrigar os usuários de ônibus circular, assim como a possibilidade de colocação de banco em ponto de táxi próximo à loja Smarp.

         – O vereador/secretário Arnaldo Ribeiro recordou que naquela data comemorava-se o Dia de São Francisco de Assis e o aniversário do ex-prefeito Francisco de Assis Castilho Moreira. Narrou a notícia de uma crise mundial pela falta de semicondutores, sendo que a única fábrica existente no Brasil, no Rio Grande do Sul, encontra-se em processo de falência. Mencionou a falta de medicamentos caríssimos, especiais e essenciais a portadores de doenças específicas, porque o SUS não está fornecendo-os devidamente. Expressou que Caxambu deveria voltar sua atenção ao turismo por conta de sua vocação natural. Quanto à realização de eventos até o fim do ano, avaliou que a situação já está sob controle, sendo atendidos todos os parâmetros de segurança em relação à Covid-19, salientado ser viável a presença da Vigilância Sanitária em reunião da Câmara para apresentar esclarecimentos neste sentido.

         – O vice-presidente Nilton Américo citou a indicação de sua autoria pedindo ao Executivo a tomada de providências em relação à poda de duas árvores na Rua Vereador Eduardo de Almeida Lima, no Alto Santa Rita, que poderão vir a causar acidentes. Mencionou também a indicação apresentada por ele e o colega Gilson Rodrigues solicitando a manutenção, desbloqueio e limpeza das redes de águas pluviais do Trançador, considerando que a topografia muito íngreme do bairro e o período de chuvas comprometerá a conservação do calçamento local.