Grande Expedi...

Grande Expediente

Reunião Ordinária

         1º de junho

         – A vereadora Jenny Aragão (Gica) enviou o seu pronunciamento para ser lido na Reunião. Ela justificou que por conta da pandemia da COVID – 19, não tem participado das reuniões semanais da Câmara, por se encontrar no grupo de risco. Porém, tem emitido os pareceres às proposições como presidente da Comissão de Legislação, Justiça e Redação, exercendo plenamente a vereança. Sendo assim, se manifestou a respeito dos recentes fatos que envolvem o Hospital de Baependi, o Hospital de Caxambu e a secretária municipal de Saúde Maria Bernadete Bortone. Ela se referiu à transferência de um paciente de Caxambu para o Hospital de Baependi, no dia 5 de maio, que fez o teste para COVID – 19, não relatado nos expedientes de transferência elaborados e de responsabilidade do Hospital local. Recordou que após o ofício oriundo do Hospital de Baependi ser lido na Reunião Ordinária, no dia 11 de maio, o colega Júlio Nogueira (Júlio da Corneta) apresentou um requerimento, na mesma data, solicitando informações à ACAPS. Ela recordou que a ACAPS informou que pelo quadro clínico e exames laboratoriais e de imagem foi descartada qualquer suspeita de COVID – 19, mas que o paciente fez mesmo o teste para COVID – 19, cujo resultado negativo saiu no dia 11 de maio. Ela considerou que houve uma desatenção do Hospital de Caxambu nos procedimentos de transferência do paciente para o Hospital de Baependi, apesar de o resultado negativo ter afastado o risco de contaminação de inúmeras pessoas; devendo servir de alerta para o Hospital de Caxambu, e que a responsabilidade não tinha que ser transferida para a secretária municipal de Saúde Maria Bernadete Bortone.

       – O vereador Fábio Curi, Líder do Governo, cumprimentou um amigo por ter contratado um jovem da Casa da Criança para trabalhar em seu estabelecimento, pedindo que outros empresários e comerciantes também dessem uma oportunidade aos jovens e aos alunos do Centro de Educação Profissionalizante (CEP), apesar dos problemas evidentes causados pela pandemia. Lamentou a morte de George Floyd nos Estados Unidos por causa do racismo e repudiou todas as pessoas que cometem o racismo, preconceito e discriminação, principalmente nos dias atuais, em que devemos ser solidários, respeitar e amar o próximo. Reforçou a importância da participação dos vereadores nos Conselhos Municipais, apesar de algumas divergências legais.

       – O vereador Vinicius Hemetério comentou que indagou o Executivo a respeito das obras nos logradouros do Talismã e Vera Cruz, a fim de saber quais ruas estão sendo recuperadas com recursos próprios e quais serão contempladas com a verba de R$ 460.000,00, emenda parlamentar do deputado federal Newton Cardoso Júnior. Explicou que com o desligamento do vereador Fábio Curi, do CODEMA, ele deveria assumir a cadeira no Conselho, mas que recebeu um print no grupo de WhatsApp informando que a Constituição Federal proíbe os vereadores de fazer parte dos conselhos municipais. Comentou que estranhou o posicionamento do CODEMA e achou deselegante como a situação foi tratada e falou que a comunicação deveria ser oficial, dirigida ao presidente da Câmara, informando que nenhum vereador deveria mais participar de Conselhos Municipais. Pediu ao presidente Jean Carlos o envio de um ofício aos demais Conselhos pedindo a exclusão dos vereadores em todos eles. Recordou que o atleta “Binho”, por causa da pandemia, não está competindo e que todos os atletas profissionais dependem de premiações de competições, mas que continua treinando e está vendendo inclusive máscaras caseiras, sendo assim, pediu que as pessoas o apoiassem, bem como os desempregados que também estão vendendo este tipo de máscaras. Exemplificou que os músicos também estão sendo muito atingidos com a crise, sendo assim, pediu aos empresários que os apoiassem pós-pandemia.

         – O vereador Renato Brandão comentou que o vice-prefeito Luiz Henrique e ele visitaram algumas obras no fim de semana: a UBS Vila Verde, os logradouros do Santo Antônio e Talismã e a Praça Vereador Hélio de Castilho Moreira. Felicitou a Secretaria de Saúde pelo trabalho realizado, bem como pelo monitoramento dos idosos nesta pandemia, podendo minimizar os efeitos deste problema. Referindo-se à transferência de determinado paciente do Hospital de Caxambu para o de Baependi, no dia 5 de maio, considerou que o maior problema seria o da contaminação, caso o teste desse positivo para o COVID – 19. Elogiou as respostas do Executivo ao requerimento apresentado por ele solicitando informações referentes ao planejamento pós-pandemia.

            – O vereador Júlio Nogueira (Júlio da Corneta) comentou sobre um requerimento de sua autoria feito ao Hospital de Caxambu pedindo informações sobre a transferência de um paciente para o Hospital de Baependi, no dia 5 de maio. Recordou que o Hospital de Baependi enviou um documento à Secretaria Municipal de Saúde relatando que o Hospital não foi informado que o determinado paciente aguardava o resultado do teste para o COVID-19. Enfatizou que os profissionais de saúde poderiam ser contaminados, se o resultado fosse positivo. Informou que ao responder ao seu requerimento, o Hospital de Caxambu justificou que após a realização de exames laboratoriais e de imagem não foi constatada qualquer suspeita de Covid-19; que o plantonista do Hospital de Caxambu passou as informações por telefone para o colega do Hospital de Baependi, sobre o quadro geral do paciente, sendo disponibilizada uma vaga no CTI para o paciente.  Enfatizou que foi um descuido muito sério do Hospital de Caxambu ao não avisar o Hospital de Baependi sobre a real situação do paciente e que isso poderia ter gerado grandes problemas a muitas pessoas se o paciente estivesse com o Covid-19. Completou que se a secretária de Saúde Maria Bernadete Bortone não enviasse o documento para a Câmara, para a ciência dos vereadores, não tomariam conhecimento deste problema. Pediu ao presidente Jean Carlos o envio da resposta do requerimento no 55/20 ao Conselho Municipal de Saúde, para averiguar a situação; e ao Hospital de Caxambu, mais cuidado principalmente nesta época.

          – O vereador Paulo Rodrigues falou que não estava defendendo o prefeito, mas que entendia que todos os recursos enviados pelo deputado Newton Cardoso Júnior, através de emendas, estavam sendo aplicados nos locais a serem destinados. Agradeceu a CODEMGE a reabertura da fonte externa do Parque das Águas e pediu à empresa a possibilidade de estudar a liberação do Parque para o uso das águas para tratamento medicinal. Felicitou o secretário Felipe Condé pela revitalização das Laranjeiras e o prefeito pela reforma da biquinha, no Santa Tereza, atendendo a sua solicitação.

       – O secretário Francisco Martins (Kiko) cumprimentou a colega Jenny Aragão (Gica) pelo pronunciamento sábio lido naquela reunião, bem como a secretária de Saúde Maria Bernadete Bortone pelo envio da documentação do Hospital de Baependi informando a Câmara em relação à transferência de paciente, no dia 5 de maio. Pediu ao presidente Jean Carlos que convidasse o presidente do Conselho Municipal de Saúde para comparecer à Câmara, a fim de prestar alguns esclarecimentos a respeito da documentação do Hospital de Baependi e a resposta do requerimento nº 55/20, para apuração conjunta dos fatos.

         – O presidente Jean Carlos comentou que fez uma indicação ao Executivo pedindo a limpeza e recapeamento da estrada de acesso ao Aeroporto.