A obra conclu...

A obra concluída

Em dezembro de 2009, a Câmara anunciou que teria sede própria e que o processo de licitação para iniciar a primeira fase de construção estava sendo concluído. O contrato administrativo entre a Câmara e a Salus Construção Ltda., de São Lourenço, foi assinado no dia 28 de dezembro. As obras referentes à primeira etapa iniciaram-se no dia 18 de janeiro de 2010 e a conclusão da primeira fase se deu com a concretagem do contrapiso do auditório, ocorrida no dia 22 de novembro de 2010.

A empresa Construtora Eixo-Sul Ltda., de Alfenas, responsável pela segunda fase da obra, iniciou os seus trabalhos no dia 24 de janeiro e terminou no dia 30 de Setembro de 2011.

A empresa Alpha Empreendimentos e Construções Ltda., de Baependi, executou a terceira fase da obra, que se iniciou em 10 de janeiro de 2012 e terminou em 30 de julho do mesmo ano.

No dia 17 de dezembro de 2013, dando continuidade ao processo licitatório, houve o julgamento das propostas de preços apresentadas. A empresa Castro Simão Engenharia Ltda., de Lavras, foi a vencedora, e as obras da quarta fase foram retomadas em janeiro.

A Câmara Municipal realizou Pregão Presencial para a aquisição e instalação de ar condicionado para o prédio no dia 6 de dezembro de 2013. A empresa Luiz Fábio Soares – ME, de Santa Luzia (MG), fez a oferta final, aceita pela Casa.

A quinta etapa da construção da sede própria iniciou no dia 22 de janeiro de 2014. Os trabalhos foram feitos pela empresa Alpha Empreendimentos e Construções Ltda., de Baependi, iniciados em 30 de janeiro de 2014 e concluídos no dia 30 de junho do mesmo ano.

A Empresa Associada de Construção Ltda., de São João Del Rei, venceu o processo licitatório para a construção da sexta etapa da obra. Os trabalhos tiveram início no dia 15 de janeiro de 2015 e foram finalizados em 26 de junho.

A empresa Sulminas Fábrica de Móveis Ltda. – ME, de Lavras, foi contratada para a aquisição departe do mobiliário para atender às necessidades da Câmara, no dia 12
de dezembro de 2014, que foi entregue no início de fevereiro.

O prédio possui dois pavimentos. No térreo: o arquivo permanente, uma cozinha, banheiros masculino e feminino, inclusive para deficientes, recepção, assessoria de imprensa, departamento jurídico, chefia de gabinete, tesouraria e contabilidade, sala de reuniões e gabinete do presidente. No primeiro andar: plenário, sala de áudio, secretaria, centro de documentação e memória, copa/cozinha, banheiros masculino e feminino, inclusive para deficientes e Centro de Processamento de Dados (CPD). Cada pavimento tem uma área de 514,44 m² totalizando 1.028,88 m².

O valor global da obra totaliza R$ 1.224.082,15 e a Engetec Engenharia Ltda., do engenheiro civil Clifford Peterle Rezende, fez o projeto estrutural e foi responsável pelo acompanhamento e fiscalização da obra, desde o início. O projeto arquitetônico é do arquiteto Diogo Pedrosa Ribeiro de Campos; e o elétrico, de telefonia, de lógica e som, do engenheiro eletricista Sandro Márcio Alves da Silva.